quarta-feira, 29 de julho de 2009

"A Humanização da pena de prisão" pelo Dr. Juarez Morais de Azevedo

Aproveitamos para publicar o artigo da autoria do Dr. juarez Morais de Azevedo, Juiz Criminal de Nova Lima sob o tema -A Humanização da Pena de Prisão e a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados – Apac, publicado no seguinte livro, entre as páginas 289 e 302:
Execução Penal - Constatações, Críticas, Alternativas e Utopias Por Antônio de Padova Marchi Júnior e Felipe Martins Pinto

2 comentários:

  1. Marisa dos Santos Barros4 de outubro de 2009 18:19

    Bom saber que temos pessoas que se preocupam com os marginalizados como a Fraternidade de Instituições de Apoio ao Recluso.
    O mundo seria bem melhor se todos pensassem assim...
    São entidades como essas que levam as pessoas a reverem seus conceitos de humanidade e amor ao próximo. Marisa Barros Muriaé MG

    ResponderExcluir
  2. QUE BOM OUVIR UMA ENTREVISTA DE UM JUIZ QUE ALÉM DA TOGA E DA VARA USA TAMBÉM A BIBLIA E OS PRINCIPIOS CRISTÃOS AO DEFENDER SUAS IDÉIAS E OPINIÕES E QUE FAZEM CRER QUE UM SISTEMA ALTENATIVO A PRISIONILIZAÇÃO É REALMENTE POSSIVEL E VIAVEL E MEDIDA QUE HAJA O COMPROMETIMENTO DOS APLICADOS E EXECUTORES DAS PENAS AS PRESOS.
    PENA QUE AINDA HAJAM ESTADOS QUE SE RECUSAM SEQUER A OUVIR FALAR DAS EXPERIÊNCIAS DAS APACS.

    ResponderExcluir

Direcção

Direcção

Mensagem de boas-vindas

"...Quando um voluntário é essencialmente um visitador prisional, saiba ele que o seu papel, por muito pouco que a um olhar desprevenido possa parecer, é susceptível de produzir um efeito apaziguador de grande alcance..."

"... When one is essentially a volunteer prison visitor, he knows that his role, however little that may seem a look unprepared, is likely to produce a far-reaching effect pacificatory ..."

Dr. José de Sousa Mendes
Presidente da FIAR